Abençoada...

17.6.14
Foi um dia bem bonito. Meio corrido e meio caminhado. Com ânsias na chegada e sem pressas na saída. Guardo agora na memória e se calhar para sempre no coração, o beijo que dei ao meu pai quando me deixou no altar, que disse tudo mesmo sem ter dito nada. O brilho dos olhos da minha mãe que sorriu e acalentou cada um dos muitos minutos de atraso até à capela...! Como a minha mamã estava linda...! Escolhi a capela da aldeia do meu pai. Um templo austero, sofrido, pobre. Sem adornos ou talhas. Só umas paredes caiadas no cimo de um monte que me viu crescer. Talvez nem os convidados saibam mas escolhi esta capela porque há exatamente 15 anos também ali o meu irmão recebeu a benção de Deus num caminho se calhar bem mais difícil que o casamento. Quinze anos depois, no dia do meu aniversário, foi o meu irmão que me casou... E é a ele que mais gratidão dedico nesse dia. Não por ter vindo de propósito de Moçambique para me casar mas por toda a dedicação, pelo empenho e paciência. Por nunca ter deixado de sorrir e fazer piadas mesmo quando esperou por mim uma hora e meia! Creio que só chorei uma vez. E quase chorei outra vez. Chorei quando vi a Sara no altar a ler uma leitura do novo Testamento. E lembro-me de pensar que me emocionava mais por ela, e por tudo o que ela representa na minha vida, do que por mim e pelo casamento. Quase chorei no momento dos votos que obriguei (sim, obriguei!) o noivo a decorar. Sempre me pareceu pobrezinho, miudinho, os noivos não decorarem uma frase (duas, vá) que marca o juramento mais importante das suas vidas.. E ele portou-se bem! Disse tudo direitinho sem engasgos ou enganos, sem virgulas a mais nem carinho a menos. E depois, quando chegou a minha vez, coloquei a voz para os anjos não terem dúvidas, olhei-o nos olhos e disparei. Três palavras à frente os meus olhos começaram a falar por eles... Já lacrimejava. E quando estava ali a meio entre o 'amar-te e respeitar-te' e o 'na saúde e na doença' ele percebeu que eu estava a uma sílaba do embargo e deitou-me um sorriso tão grande que recuperei todo o folego e as lágrimas secaram em felicidade. Estava casada.


Acabei por ficar com o meu nome de solteira. Amo o meu apelido não porque o ache bonito e nobre(!) mas porque carrega em quatro letras a dignidade e grandeza da minha família. Tenho um orgulho imenso nos Fernandes dos Reis. Não podia deixá-los em segundo plano. Antes mantê-los lado a lado com os Nithingale Floriano.

E é isso. Nada mais digno de nota. Apenas que ao fim do dia o véu ficou todo rasgado, sabe Deus como.. E o fogo de artifício foi um exagero...! Parecia mesmo um casamento de província. E era.

29 comentários:

  1. Emocionei-me a ler as tuas bonitas palavras. Fico de coração cheio por saber que estás FELIZ! Um grande beijo com saudades

    ResponderEliminar
  2. Parabéns.

    http://despertarosonho.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Que a memória deste dia, que transparece das suas palavras, permaneça nos vossos corações, até ao fim das vossas vidas.
    Parabéns Lisete!
    VeraM.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns Lisete, desejo-lhe toda a felicidade do mundo. Quando as coisas acalmarem e voltar às suas rotinas, eu acho que aqui as suas leitoras iam gostar muito de ver melhor o seu vestido. Parece uma princesa. Abraço

    ResponderEliminar
  5. PARABÉNS pelo casamento e pelo brilhante relato que dele fez. Espero que seja verdadeiramente feliz!

    ResponderEliminar
  6. Lindo o texto, linda a noiva! Desejo que sejam muito felizes nesta nova caminhada... E que sorte a sua ter um casamento de província:):) Afinal, não são ainda os mais bonitos?! Um abraço, Manuela

    ResponderEliminar
  7. Parabéns Lisete! imensas felicidades :)

    ResponderEliminar
  8. Muitos Parabéns, Muitas Felicidades!
    Um Beijinho Lisete!

    ResponderEliminar
  9. Miúda...congrats!! e acima de tudo muita felicidade, é o que te desejo.
    Beijos Régis

    ResponderEliminar
  10. Muito bom.O que importa é o amor.
    Felicidades.

    ResponderEliminar
  11. Fiquei emocionada com a história, apenas posso desejar as maiores felicidades com muito amor :)

    ResponderEliminar
  12. Muitos Parabéns Lisete e votos de muitas Felicidades e Amor :)
    Parabéns por tudo o que transmite também no texto. Que continue partilhar seus lindos trabalhos e histórias de vida connosco! Um obrigada também por isso :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Desejo que seja muito feliz. Isso é que é o principal.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. ... bonito Lisete. Que tenham MUITOS dias FELIZES!!!!! bjs

    ResponderEliminar
  15. Tânia da Costa Silva18 de junho de 2014 às 15:35

    Muitas e muitas felicidades!!

    ResponderEliminar
  16. Que linda noiva e que bela história.
    Deves ser uma pessoa fantástica, maravilhosa! Em tudo o que escreves deixas transparecer um personalidade fabulosa, com grande sentimento e muito emotiva. Sem dúvida que os teus pais fizeram uma excelente trabalho...nota-se a educação, os princípios do teu caracter (hoje em dia coisa rara...), a humildade, a grandiosidade do teu ser (sem no entanto seres convencida, pouco humilde, sem ostentares o que não tens!
    Confesso que no dia do teu casamento fui também a um casamento repleto de coisas que repudio: falta de humildade, ostentação excessiva, tentativa de grandiosidade (sem nada de grandioso na sua forma de ser/ estar dos noivos), o querer parecer quando não se é, o quer mostrar que tem, quando nada se tem....Confesso que teria desejado mil vezes ter ido a um casamento como o teu pois alguém que escreve "Escolhi a capela da aldeia do meu pai. Um templo austero, sofrido, pobre. Sem adornos ou talhas. Só umas paredes caiadas no cimo de um monte que me viu crescer...." é alguém que fala com o coração, tem orgulho das suas origens, não ostenta o que não tem. És alguém que se deseja conhecer e ter como amiga.

    No casamento onde estive a noiva escondeu de forma vergonhosa as suas humildes origens e esqueceu que a sua (verdadeira) família estava lá, pois a nova família (novos ricos, família do noivo) são os donos do "dinheiro" e passaram para primeiro plano. É triste renegar as suas origens, ter vergonha do leito que sempre nos acolheu e apoiou em tudo.

    Eu não te conheço, só "frequento" o teu blog, admiro o teu trabalho e leio atentamente as tuas palavras.
    Parabéns aos teus pais que educaram de forma única uma filha super amorosa e parabéns ao marido que soube escolher muito bem a sua parceira para a vida (nota-se logo que é um homem inteligente)!
    E também os meus parabéns para ti, por seres uma pessoa tão verdadeira e sentimental.

    Beijinho e tudo de bom nesta fase da tua vida.
    Elisabete

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada. Emocionou-me ler as suas palavras! Um beijinho

      Eliminar
  17. Cheguei aqui - logo hoje! - pela mão da Ana, No mundo da Tatas.
    Deixo um beijinho e votos de muitas felicidades.
    Nina

    ResponderEliminar
  18. Um beijo enorme e que sejas muito muito feliz....saudades tuas minha amiga...estavas e és linda.

    ResponderEliminar
  19. Olá Lisete, encontrei-te por acaso e desde então sigo a tua vida da forma como a relatas. Fiquei feliz por te ter encontrado e ainda mais feliz por te ver de bem com a vida. Continuas a ser aquela pessoa frontal, positiva e íntegra. Destes um passo importante e por isso decidi sair da sombra e felicitar-te. Estas casada e fostes uma noiva linda como só tu sabes ser, de certo rodeada de pessoas importantes que te trouxeram ainda mais luz. Continua assim, na vida só colhemos aquilo que semeamos e tu tens uma terra farta. Um beijo grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fátima!! Que bom ler-te!! E que surpresa boa.. Sabes que no dia do casamento, estive com a Cláudia e perguntei-lhe por ti... Procura-me no facebook que eu não te consigo encontrar.. Um grande beijinho!!

      Eliminar
    2. Olá Lisete, eu faço parte daqueles que não tem conta de facebook, ainda resisto a tentação de cuscar a vida daqueles que gostam de publicar momentos, alegrias e tristezas. Há coisas que nunca mudam! Sinto uma certa nostalgia dos momentos que passamos juntas e embora as nossas vidas tenham tomado rumos diferentes, em momento algum esqueço o meu passado porque e graças a ele que tenho um presente ao projetar o futuro. Gostei de te encontrar apesar de te ir vendo de quando em vez na tv. Não te escrevi mais cedo porque achei que poderias pensar que estaria a ser intrometida, mas agora não resisti e tive que te felicitar, mais uma vez te digo que eras uma noiva linda. Um beijo grande para ti e continua assim.

      Eliminar
  20. Ola Lisete querida

    Parabéns sinceros pelo seu casamento, pelas suas escolhas de vida, pelo carinho imenso com que trata todas os assuntos de sua vida, de sua família e de seu trabalho, parabéns pela sua personalidade firme e gentil, pelo caráter impecável e nobreza de sentimentos.
    Você reúne todas as qualidades lindas que TODO o ser humano deveria ter; e reflete isso no seu trabalho e no seu blog. Por isso tem sucesso em tudo o que faz, é uma pessoa verdadeira, inteira. E como dizia o poeta, "faz tudo valer a pena, porque noa tem a alma pequena".
    Acho linda a pessoa que faz as suas escolhas baseadas em um significado real como o fez ao escolher a capela onde se casou. Pois somos feitos de memorias e lembranças de vida, e nossa vida é o mosaico de tudo o que já vivemos, de nossas experiencias, de nossos erros e acertos.
    Que a sua nova vida lhe traga só alegrias e realizações. Que elas se eternizem em voces.
    Que você e seu noivo ( OPS! marido), sejam sempre muito unidos para todas as circunstancias da vida e que apenas somem um ao outro.
    Eu lhe desejo tudo de bom que possa merecer nesta nova etapa de vida, do fundo de meu coração. SEJA SEMPRE MUITO FELIZ.
    Marilete (do Brasil)

    ResponderEliminar
  21. O dia do casamento é o dia mais feliz de nossa vida. Que sejam abençoados.

    ResponderEliminar
  22. Querida Lisete! Muitos parabéns pelo teu casamento e que a vida a 2 Seja Muito Feliz!!! Tudo de Bom!!!
    Bitina Santos

    ResponderEliminar
  23. Parabéns Lisete :)
    Desejo que seja muito feliz, o amor e a amizade é tudo no mundo :) :)
    Beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  24. Que idiota me sinto em ter perdido todos estes posts...

    Talvez me perdoes em nome da minha vida de 12 horas por dias de devoção à decoração em que corro, entre Querido, loja, atelier, clientes, lojas de patrocinadores, leroy merlin, eu sei lá... talvez me perdoes em nome desta paixão pela decoração, ter perdido todos estes posts e ter vindo até aqui e li todos até chegar a este... tinha perdido estes todos... que idiota eu não ter mais tempo prás pessoas, enfim...

    Um grande beijinho de Parabéns, por este dia de emoção e que imagino ter sido o mais feliz da tua vida (até seres mãe, acredita!). Fiquei tão feliz por ti!... e pronto, confesso que também com uma nesgazinha de inveja dessa água das Maldivas!

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...